Mecanismos de segurança do Pix

Mecanismos de segurança
do Pix

Descubra agora!


Mecanismos de segurança do Pix - Veja os 5 principais 

O Pix é um sistema de pagamento instantâneo seguro para todos os usuários. Além disso, para garantir ainda mais a proteção de todos, o Banco Central conta com muitos mecanismos de segurança, entre eles os motores antifraudes, autenticação de pagamento, marcadores de golpes, autenticação, segurança da chave Pix e limites de transação. 

Todos os mecanismos citados anteriormente fazem todas as camadas de segurança do Pix. A seguir veja a importância de cada uma delas e como elas funcionam. Afinal, em questão de segurança esse é um dos sistemas mais avançados. 

Quais são as principais formas de segurança do Pix? 

Como destacado anteriormente, o Pix é um dos sistemas mais avançados do Brasil quando o assunto é segurança e camadas de proteção. Afinal, essa ferramenta do BC conta com muitas camadas que garantem a segurança do seu usuário. 

A seguir, conheça os principais motores e saiba como eles funcionam

1) Motores antifraude

Nesse motor de segurança é identificado um padrão nas transações e a partir do momento que um Pix não corresponde ao perfil do usuário, a transação é bloqueada para análise. Em relação ao bloqueio pode ser de até 30 minutos na parte do dia, durante a noite já sobe para 60 minutos

Após esse período de bloqueio a transação é validada ou não como segura, se sim o envio é realizado. No entanto, caso não seja identificada como segura e fora do perfil de uso comum dos clientes, a transação não é feita e volta para a conta de origem. 

2) Autenticação de pagamento

Nesse motor de segurança, o responsável pelo envio deve sempre realizar a autenticação de sua identidade para as transações ocorrerem. Para isso podem ser usados padrões como tokens, senhas, biometria ou reconhecimento facial. 

Vale destacar que isso pode depender do padrão escolhido pela instituição financeira e somente o responsável pela conta pode autorizar a autenticação de pagamento. Mecanismos como esses são importantes para proteger a sua conta em caso de roubo ou invasão. 

3) Marcadores de golpes

Em cada transação o sistema guarda todas as informações com criptografia na Rede do Sistema Financeiro Nacional (RSFN). Essa é a rede específica que não está na internet e nela estão as informações do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB).

Sendo assim, com esse marcador o BC consegue identificar a transação e marcar como fraude, assim como também encontrar o responsável pelos golpes do Pix. Portanto, é um mecanismo que protege a sua conta em casos de fraudes, impedindo a continuação da transação e marcando o golpista como uma fraude.

4) Limites de envio

Os limites do Pix nada mais são do que limites estabelecidos para realizar as transações. No RecargaPay eles são de R$ 20.000 diário, R$ 40.000 mensal e R$ 1.000 noturno. Além disso, esse limite pode variar em cada instituição ou banco, mas se necessário é possível solicitar aumento.

Tais limites asseguram a sua segurança da conta, evitando grandes prejuízos em casos de golpes ou fraudes. 

5) A segurança da chave Pix

A chave Pix veio para substituir a necessidade de divulgar seus dados para o pagador. Agora ela entrega a possibilidade de usar chaves que nada mais são do que resumos da sua conta para receber valores. Assim, seus dados bancários estão protegidos pelo BC. 

É seguro utilizar o Pix? 

Como mencionamos ao decorrer dos mecanismos de proteção, o Pix é seguro e para isso conta com muitas ferramentas para atender a proteção de seus usuários. Todas as ferramentas destacadas cuidam de fraudes com também a restituição de valores perdidos. 

Apesar de ser seguro utilizar essa ferramenta como seu principal meio de pagamento, evitar algumas situações como clicar em links estranhos e sempre atualizar o seu dispositivo é necessário para evitar cair em golpes ou fraudes.

O Seguro Pix me protege contra golpes? 

O Seguro Pix é uma opção disponível para garantir a proteção do seu dinheiro. No RecargaPay ele protege as transações realizadas para qualquer conta e para qualquer instituição. Além disso, ele é gratuito para assinantes do Prime+ que custa apenas R$19,99 por mês. 

Dessa forma, ele cobre até R$2.000,00 de envio em caso de extorsão, coação ou sequestro. Para assinar o Prime+ é simple, basta: 

  • Baixe o app RecargaPay
  • Clique no botão "Prime+"
  • Clique no botão "Assinar"
  • Insira os dados de seu cartão de crédito
  • Insira o código enviado pro seu celular ou email
  • Valide sua identidade
  • Pronto! Agora é só aproveitar

Como posso me proteger dos golpes do Pix?

Que o Pix é seguro você já sabe, mas os casos de Fraudes do Pix estão cada vez mais comuns. Afinal, as quadrilhas estão se especializando para isso. Por isso, para manter sua conta protegida desses golpes é necessário alguns cuidados. 

  • Evite divulgar dados bancários
  • Evite uso de senhas fáceis e fracas
  • Opte por usar a biometria ou reconhecimento facial no desbloqueio
  • Mantenha o seu dispositivo atualizado
  • Não pague contas via Pix contado a redes de internet publicas 

Conclusão

Ao decorrer do conteúdo apresentamos os 5 principais mecanismos de proteção do Pix. Afinal, esse é o sistema de pagamento mais seguro na atualidade e conta com uma grande camada de proteção. 

Apesar do Pix ser um sistema de pagamento gratuito e seguro, é necessário manter os cuidados com pagamentos em redes públicas e divulgação de dados de sua conta bancária. Afinal, as quadrilhas estão se especializando cada vez mais em golpes do Pix. 

No entanto, aqui no RecargaPay você tem acesso ao seguro Pix assinando do Prime por apenas R$19,99 por mês. Conte com coberturas de até R$2.000,00 de envio por Pix em caso de fraudes, golpes, extorsão ou coação. 

Aproveite já os melhores benefícios do Pix com Recargapay!

Descubra tudo sobre Pix


Perguntas frequentes


Claro que é, ele conta com muitas camadas de proteção para todos os usuários da ferramenta.

Sim, independentemente do banco ou instituição financeira que você usa o Pix, os mecanismos atendem a sua proteção.

No RecargaPay ele custa apenas o valor do Prime+, pois é um bônus para os assinantes que assinam por apenas R$19,99 por mês.

Sim, mas as taxas podem variar assim como as coberturas e valores que eles cobrem.

Não, somente a casos que se enquadram como golpes, fraudes ou roubo.

Pagamento seguro


RecargaPay na mídia


Nosso site utiliza cookies para melhorar sua navegação. Ao seguir, você concorda com nossa Política de Privacidade.